Instituto SuperAÇÃO

  Arte Educação 

Publicado: 12/06/2018


clique para ampliar

           O desenvolvimento artístico acompanha o desenvolvimento global da criança. Trata-se de um processo complexo que envolve as diferenças individuais de cada um. É uma forma de comunicar fatos, ideias, sentimentos e emoções através de gestos, sons, linhas, formas, cores e movimento. No Espaço Verde, nosso trabalho alinha-se ao projeto triangular para ensino  das artes formulado pela professora doutora Ana Mae Barbosa que propõe três eixos de aprendizagem:


1- a apreciação da obra; 
2- o conhecimento da historia, contextualização; 
3- o fazer artístico.  


Quando se aborda a arte e seu processo de ensino aprendizagem, deve-se levar em conta sua natureza simbólica e sensível. Arte é uma linguagem cultural, uma área do conhecimento humano com conteúdos e códigos sistematizados. Sendo assim, sob a orientação da arte educadora Fernanda Scarpa, inserimos uma pesquisa e uma produção artística em cada um dos roteiros de estudo. Dessa ação surgiram releituras de Franz Kracjeberg, Celeida Tostes, J.Borges entre outros.

 

 O espaço é também essencial para realização de um bom trabalho, o ambiente favorece uma educação humanizada, que potencializa a criatividade e a convivência. As aulas de arte e as atividades guiadas pelo roteiro acontecem ao ar livre. Exploramos espaços acolhedores junto à natureza, o que proporciona uma proximidade com os alunos, maior e mais afetiva. Os aprendizes, através do  fazer artístico, desenvolvem varias habilidades físicas, emocionais e cognitivas. Visão espacial, criatividade, confiança, paciência, coordenação entre outras competências socioemocionais. Eles integram modos de aprendizagem que lhes garantem liberdade para imaginar, conhecer, experimentar e efetivar propostas artísticas pessoais ou coletivas.


“O homem cria, não apenas porque quer, ou porque gosta e sim porque precisa, ele só pode crescer, enquanto ser humano, coerentemente ordenado, dando forma, criando.” (Fayga Ostrower)